O que fazer para preencher o Vazio da Vida?

segunda-feira, 13 de março de 2006

O que é a Vida? O que é esta coisa que nos faz ter tanto amor a ela, que nos é dada sem que a tenhamos pedido, que a estimamos como se fosse nossa, que a conservamos como um tesouro, que quando pensamos na possibilidade de ficar sem ela estremeçamos todos e (até) nos arrepiemos?
Pois é, isto é a vida, a nossa vida.
Ela deve ser a nossa coisa mais querida, devemos estimá-la, adorá-la, entendê-la e vivê-la. No entano temos de ter a perfeita consciência que ela caba, é efémera, não dura muito. Devemos pois aproveitá-la, gozá-la (sem excessos), sentí-la, acarinhá-la, e no fim despedirmo-nos dela, como nos despedimos de um amigo que vai para longe, com dor mas com a certeza de que esta é a vontade dela.
Mas de facto a vida é única, irrepetível, linda e preciosa! Nisto todos estamos de acordo!!!Então porque é que as pessoas insitem em desperdiçá-la com coisas supérfulas, efémeras que só a vão tornar mais curta, mais triste e desagradável? Sim, estou a falar das DROGAS! Será que por cinco minutos de prazer vale a pena sacrificar uma vida, aquilo que de mais precioso temos?
Mas quem faz entender isto às pessoas de hoje, que na sua maioria sóq uerem o przer momentâneo sem pensar no futuro. Querem-se divertir e só o conseguem fazer através de alienações que os tornem mais livres. O vazio interior que hoje se vive, é complementado por essas coisas que enchem o interior de alegria (momentânea), mas que lhes permite esquecer que esta sua vida vazia não tem significado nenhum...
Mas o Homem é muito mais do que isso, a vida é muito mais especial do que tudo isso, devemos amar a vida, amar-nos a nós (sem exagero), ter algum orgulho próprio e se preenchermos o vazio interior de que sofremos com a preseça de Deus no nosso coração, de certeza que não iremos precisar de aditivos para sermos felizes, só Ele basta para alegrar verdadeiramente o nosso coração, para nos fazer sentir como únicos, especiais, seres que podem não ser perfeitos, mas têm muito de perfeição e de maravilhoso...

8 Disseram...:

Paula Raposo disse...

Está um bom texto, escrito precisamente na linha que te caracteriza. Concordo quando falas nas drogas. Sobre Ele que nos preencherá o vazio, sabes a minha opinião e eu respeito a tua. Beijinhos, és um querido.

Andreia Ramos disse...

a vida e para ser vivida da maneira que nos fizer mais feliz!é a minha opinião1beijinho1

Para ti disse...

Concordo, assino por baixo, de tudo o que disseste.
A ti, deixo-te um beijo

zé das loas disse...

bela "oração". amén...

Pe. Vítor Magalhães disse...

Já, agora, aconselho aos diletantes lêr o seguinte livro:
"A LUA DE JOANA" de Maria Teresa, edit. VERBO; pode ser interessante para os jovens em situações de risco,... e não só!

isa xana disse...

muito bem dito!!!

sabes, lembrei o livro que estou a ler quando falaste da efemeridade da vida: As intermitências da morte de Saramago.

jinhu

Kalinka disse...

OLÁ
Começo por te agradecer a tua visita ao meu kalinka, fico feliz quando me visitam e deixam uma mensagem, para mim é muito importante.
Passaste precisamente numa fase menos boa da minha Vida.
E, quando aqui venho para te agradecer, encontro um «post» sobre a Vida. Gostei muito de ler este texto, nas primeiras frases que têm mais a ver com o momento que estou a atravessar e os conselhos que dás: devemos aproveitá-la, gozá-la, senti-la, acarinhá-la, é o que vou fazer a partir deste MOMENTO.
Muito obrigado pelo teu apoio.
Beijo. Volta sempre.

Fallen_Angel disse...

palavras para que? tá tudo dito...
bjinho