ENCERRADO

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

http://2.bp.blogspot.com/_dyLecG8lQs8/TP7ZMAqJGEI/AAAAAAAAApQ/NxRYZE9iUdQ/s1600/Fechado%2Bpara%2Bbalan%25C3%25A7o_BlogVirandoJornalista.jpg



Decidi encerrar este blog.
Uma decisão que apesar de difícil se foi tomando por si só.
Tal como uma página da minha vida que foi virada assim este projecto faz parte do passado. Contribuiu imenso para eu crescer, mas encerrou.
Podem agora encontrar-me noutro sítio, num novo ambiente como nova é a fase da vida em que me encontro.
Espero as vossas visitas em "O Cinzelador de Palavras" (que mania de arranjar sempre nomes estranhos para os blogs...)

http://cinzelador.blogspot.com/


http://1.bp.blogspot.com/__hNsQdye8Qw/TUFaW-5upeI/AAAAAAAAAQw/ZICv0O9DrK8/s1600/Figura1.jpg

Brevemente

quinta-feira, 29 de julho de 2010

O que distingue um homem...

terça-feira, 10 de março de 2009

Imagem retirada de: Olhares

O que diferencia um homem extraordinário de um homem comum é a capacidade de amar e de se entregar completamente à causa em que acredita.
Ao acreditar, por mais impossível que a missão pareça, o homem extraordinário não desistirá e só terá paz quando vir cumprida a incumbência que a sua consciência e o seu coração lhe instituíram, ainda que isso traga a morte... Acontece que, para este homem extraordinário, a morte não é mais do que a paz, o descanso do guerreiro após a épica batalha vencida e conquistada.
Os homens extraordinários são estes, nós, bem... Nós não somos mais do que homens comuns que tentamos cumprir o melhor possível a nossa missão como formos podendo!
O que vale é que perante Deus somos todos extraordinários...

Sol...

sábado, 7 de março de 2009

Imagem retirada de: Olhares



Parece que o sol voltou... Rasgou os céus cinzentos, dissipou a chuva...
A sua claridade ilumina as ruas, as casas, os jardins, as flores. Ilumina as pessoas, os rostos, os olhos, os olhares...
Banhados pela resplandecência deste astro todas as coisas adquirem um brilho novo, uma vida renovada, uma alegria inexplicavelmente interior que acaba por se notar exteriormente. Com a chegada do sol primaveril toda a vida acaba por ganhar, também, nova força e nova dinâmica.
Mas, na verdade, o homem é o único ser vivo que não necessita deste brilho para que a sua vida entre num estado primaveril. Ao homem basta que deixe brilhar dentro do seu ser a luz resplandecente que ele próprio tem, basta que não a ofusque com o cinzento da sua tristeza, com a frieza da sua maldade e indiferença.
Deixemos brilhar o nosso sol bem dentro de nós, deixemos que a sua luz nos inebrie totalmente, deixemo-la transparecer pelo nosso corpo como se este fosse água límpida e cristalina, deixemos por fim que essa luz, esse calor, essa alegria chegue àqueles com quem nos cruzamos e que de tão cinzentos que estão não percebem que também eles têm um sol dentro do seu coração. Dêmos-lhe um pouco do nosso calor, dissipemos com a nossa luz as sombras e a escuridão que o habitam.
Assim, poderemos certamente contribuir para um mundo em que o estado primaveril não dure apenas uns poucos meses, mas dure o ano todo e todos os anos.
Contudo, para que isso aconteça precisamos, também nós, deixar que os outros nos aqueçam e iluminem quando o nosso sol fica ofuscado, quando ele não consegue aquecer o suficiente. Temos de reconhecer que precisamos do sol do outro para que o nosso sol continue a brilhar. Ninguém vive por si só nem para si mesmo.
Caminhemos no mundo com o mundo. Com os outros para os outros.

Férias

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Foto retirada de: Olhares


Depois de duas semanas de estudo intenso, é tempo de gozar um fim de semana que sabem a mini-férias na linda cidade de Mirandela juntamente com a minha família. Segunda-feira voltarei com o ânimo renovado e as forças recuperadas para o novo semestre... Cada um que passa é menos um que falta... A meta aproxima-se a passos largos e cada dia que passa sinto que sei mais, mas paradoxalmente menos do que o que devia saber... Falta-me saber tanto e tanto.... Será que vou algum dia conseguir saber muito? Não sei, resta-me continuar a trabalhar para saber mais, sem que nunca saiba tudo...

Não tenhas medo de ser livre…

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Foto retirada da Internet


Solta as amarras que há em ti, deixa-as amarradas a elas mesmas no chão frio da ignorância e no vazio do esquecimento...

Sê quem verdadeiramente queres ser sem deixares que o julgamento dos outros te condicione no teu verdadeiro ser...

Cada pessoa é única, singular! Não há um estereótipo... Há normas que devemos ter em conta, contudo sem que essas normas nos aprisionem... A liberdade não se consegue pela anarquia mas pela livre aceitação do que verdadeiramente somos...

Se quem tu és, não sejas aquilo que os outros esperam que tu sejas...

Harmonia...

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Foto retirada de: Olhares



A melodia da água que cai lá fora, batendo nos telhados e fazendo pequenos rios que percorrem as ruas, desafiam as curvas, descem as escadas, provocando sons únicos e irrepetíveis.
É uma harmonia única composta e executada pela própria natureza.
Este quadro embala-me para o que se adivinha ser uma noite tranquila com um sono verdadeiramente reconfortante (o que em época de exames dá imenso jeito).
A paz e serenidade que está lá fora inunda-me cá dentro...