Aniversário

quarta-feira, 9 de novembro de 2005

Cumpri ontem o meus vigésimo aniversário.É verdade, vinte anos de teimosia, arrelias, tristezas, escorregadelas,quedas. Vinte anos de aceitação, recociliações, alegrias, a levantar-me das escorregadelas e das quedas. resumindo, vinte anos em que a Alegria superou a tristeza, apesar dos muitos erros que cometi ao longo deles...
Quando fazemos anos, é sempre uma incógnita sobre quem se lembrará ou quem se esquecerá deste dia tão importante para nós. Estamos constantemente a olhar para o telemóvel à espera que toque e que seja aquela pessoa de quem nós estamos à espera que não se esqueça...
Mas é de facto nestes dias que muitos nos surpreendem, uns pela positiva outros pela negativa. É tão bom quando aquelas pessoas que já passaram por nós, hà tanto tempo que quase já nem nos lembramos que elas existem, nos dizem: "parabéns e felicidades, sabes eu não me esqueço de ti...". Eu realmente recebi algumas mensagens de pessoas que já não esperava receber, e quando as vi(msg) quase que me vinham as lágrimas.
No entanto o pior foi quando o dia acabou e pessoas que eu pensava que jamais se esqueceriam deste dia tão importante, nem sinal de vida deram... E eu fiquei triste no meu coração, porque esteva à espera deles, não pela importância de uma msg ou de um telefonema, mas simplesmente pelo gesto...
O que vale é que mais uma vez a alegria superou a tristeza; a alegria das pessoas que eu já não esperava e que me felicitaram superou a tristeza dos (poucos) que eu esperava e que não festejaram comigo o dom da vida...

3 Disseram...:

Fallen_Angel disse...

ai fazes anos e nem dizes nada????
entao PARABENS (eu sei estão um bcadinho atrazados) mas o q conta é a intenção :O)

Luisa disse...

O importante é que tu te lembres... por muitos anos. E olha que daqui a alguns já vais recorda-los saudosamente. O nosso aniversário é apenas importante para nós mesmos e talvez para os nossos pais, para os outros é apenas uma forma de comemoraçao, ou seja, mais uma festa garantida. As atitudes das pessoas medem-se pelo que elas nos dão todo o ano, principalmente quando realmente necessitamos, não apenas num dia só, apenas por baboseira nossa, porque achamos que naquele dia merecemos toda a atenção do mundo.
Não tomes isto como uma critica, pois eu um dia já me senti como tu, apenas estou a te lembrar da importancia de outras coisas. Eu se calhar levei mais tempo a aprender do que tu vais levar e a me massacrar com pequenos detalhes como este em vez de ver onde estava~m os verdadeiros valores. Abraça aqueles que apesar de não se terem lembrado do teu aniversário, lembram-se de ti todos os dias. Belo blog! Gosto da maneira que te expressas. Bjs de uma velhota...

Paula Raposo disse...

Olá! Apareço aqui de repente. Perdoas-me a intromissão? E posso dar a minha opinião, não posso?! Vou dar. Acho que o teu blog está giro, é bonito como gente nova tem blogs tão interessantes, e escreve, sobretudo escrever. Tenho a ideia que a vossa geração é pouco dada à escrita, mas felizmente existem excepções como tu. O que escreves neste texto sobre o dia dos teus anos, é mesmo assim. Acho que deves continuar a escrever, enquanto os anos vão passando e tu vais enriquecendo a tua experiência. E tanta coisa boa te vai acontecer, menos boa também, tudo isso te fará escrever sempre mais e mais. O que é importante para podermos manter o espírito...Muitos beijos, gostei muito