Carícias

segunda-feira, 9 de janeiro de 2006

Leiam, vale mesmo a pena. Este é um poema de uma grande escritora e amiga da blogosfera...
O link está no meu blog (As Romãs de Paula), dêm um pulinho porque lá há muito mais ...


Por mais voltas que dê,
Vejo-te e sinto-te,
Como ainda há pouco
Nos teus beijos suaves
No doce da tua pele.

Trago o teu cheiro em mim,
Na mistura do meu
Perdura na boca,
Envolve-me e acaricia-me,
Esse odor que me deixaste.

No ímpeto desta entrega,
Levaste-me contigo
Ao ficares comigo,
Nas carícias das nossas mãos,
Num encontro esperado,
Numa ânsia diluída.

Ainda sinto os teus dedos
No contorno do meu rosto,
O teu pulsar sereno
No meu peito,
A lembrança do teu corpo
Percorrendo-me,
Amaciando-me,
Esse odor que me deixaste.

Paula Raposo




3 Disseram...:

Paula Raposo disse...

Obrigada. Só agora passei por aqui. De qualquer maneira parece que ainda ninguém veio ler...ehehehe. Um beijinho para ti.

márcia:D disse...

olá. :)
Eu vi e achei bastante lindO^^
Beijinho*

menina graça disse...

Muito bonito, o poema! É muito talentosa a tua amiga.
Obrigada pela visita à Retrosaria. Espero que fiques cliente.