Mãos

sábado, 28 de janeiro de 2006




Mãos que unem,
Mãos que separam.
Mãos que acalmam,
Mãos que exaltam.
Mãos que tocam,
Mãos que batem.
Mãos que sentem,
Mãos que fazem doer.
Mãos que adormecem,
Mãos que acordam.
Mãos que festejam,
Mãos que limpam as lágrimas.
Mãos que promovem a paz,
Mãos que disparam armas.
Mãos que ajundam,
Mãos que afundam.
Mãos que amam,
Mãos que odieam...
Somos nós que escolhemos como usamos as mãos...

6 Disseram...:

Fallen_Angel disse...

o destino está nas nossas maos .o)
bjinho

maria disse...

e nós somos o que fazemos, não é?!
bonito;)

Paula Raposo disse...

Pois somos...e poderíamos usá-las em coisas positivas em vez de negativas isso é uma verdade!! Nem sempre acontece. Beijinhos para ti

Anónimo disse...

Mãos que servem para tanto bem e nãos as usámos, metêmo-las aos bolsos ou cruzamos os braços. Abç JCG

Claudia Sousa Dias disse...

Olá scorpion!

já estava com saudades...

bonito poema.

e verdadeiro.

beijinho


CSD

WILL ROCK YOU disse...

Mãos, mãos e mãos...