Papas da Língua - Eu sei

quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Eu sei, tudo pode acontecer
Eu sei, nosso amor não vai morrer

Vou pedir aos céus, você aqui comigo
Vou jogar no mar, flores pra te encontrar

Não sei porque você disse adeus
Guardei o beijo que você me deu

Vou pedir aos céus, você aqui comigo
Vou jogar no mar, flores pra te encontrar

You say good-bye, and I say hello
You say good-bye, and I say hello

Não sei porque você disse adeus
Guardei o beijo que você me deu

Vou pedir aos céus, você aqui comigo
Vou jogar no mar, flores pra te encontrar

You say good-bye, and I say hello
You say good-bye, and I say hello



Não o costumo fazer,

mas hoje senti-me na necessidade

de deixar esta letra aqui...

Tem uma razão especial neste dia...

Aliás, toda a música é especial...

Esta é a musica de alguém,

e esse alguém deixou,

por força de inúmeras

circuntâncias de

estar tão presente como até aqui,

este é um dos tributos que lhe deixo...

Obrigado por tudo quanto foste e és...

Obrigado por teres feito o guerreiro lutar...

A luta do guerreiro acabou,

as armas estão arrumadas,

e ele pode enfim descansar...

Sofreu muito o guerreiro,

mas chegou à conclusão

que era o melhor a fazer,

DESISTIR.

Ele disse-me,

que lhe custou muito tomar essa decisão,

mas que mesmo assim,

ainda vai jogar no mar as flores

de que a música fala,

para ver se a Bela Princesa Volta...

Estas são palavras dele...

Guarda-as, assim como a música

que ele te dedica...

Para ele és especial, não te esqueças...

E se por algum motivo, repensares

ou alterares a tua forma de ver as coisas,

ele estará de braços abertos para te receber,

mas pelo que me disse, não deixes que

se feche a ferida, porque pode já ser muito tarde...

Pediste-lhe tempo para pensar, ele concede-to;

no entanto, pelo que disse, está a desistir para se salvaguardar.

Um conselho: não o deixes escapar,

não deixes que ele se perca,

não deixes ele virar as costas,

pois, alguém como ele, depois de as virar...
Ele espera-te...

2 Disseram...:

Flôr disse...

Ohhh querido amigo :)

Escolheste uma letra linda, mas muito "sentida"...

"Sinto-te" a sofrer... desiludido, até!!!


Peço a Deus, ao Deus dos impossiveis, que te ajude a realizares todos os sonhos e desejos desse teu doce e bonito coração. Eu sei que ELE te irá abênçõar e que tu irás SER MUITO FELIZ, TU MERECES!

Quando menos se espera, o amor aparece!...

Fica bem, fica com Deus.

Beijão do tamanho do Universo para ti, meu doce amigo.

Flor

Paula Raposo disse...

Demasiado íntimo para eu comentar...beijos.