Um (quase) início

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Sentei-me na cadeira ao som de um cd de Rui Veloso. Apetece-me escrever.. Apetece-me deambular. Hoje quero ser um escritor, um daqueles que admiro e aprecio. Hoje quero ser o sonhador e o criador da minha história. Apetece-me escrever um romance de fio a pavio. Passar a noite a escrevê-lo, como se o tempo e o cansaço não tivessem qualquer efeito em mim.

As letras saem, as palavras atropelam-se, todas querem ver a luz do dia e formar a mais bela página de todas: a página da minha vida

Páginas de uma vida. Podia muito bem ser o título de um qualquer livro novo escrito sob a luz ténue de um candeeiro já algo velho, de lata e com uma lâmpada azul. Colocado, mesmo à beira de um teclado, que reflecte o desgaste provocado pelos dedos que martelam incessantemente as suas letras.

Mas, o grande problema é que não há coragem para arrancar numa empreitada deste tamanho. O medo de falhar tolhe-nos os dedos e as ideias.

Pode ainda não ser hoje o dia, mas será certamente um dia o dia…


12 Disseram...:

Belzebu disse...

E porque não hoje? E porque não ter hoje a coragem de fazer do amanhã um "já"? Não tenho qualquer dúvida de que esse amanhã, ainda que fosse "já", já pecava por tardio!

Vai em frente e aceita o habitual abraço infernal!

Anónimo disse...

Páginas de uma vida... é um título interessante. Podias começar, não perdes nada! Se falhares, só tens de voltar a tentar! É como quando voas... o teu "corpo é leve", tal como a caneta se sente... voa nas tuas mãos. Voa, atropelando as letras, palavras, pensamentos que ecoam na tua mente, no teu coração...
Acontece que por vezes, tens de poisar no chão... mas tal como o teu corpo, leve, facilmente levanta voo, a caneta na tua mão sempre irá voar, leve como como uma brisa suave, mas forte como o vento, que às vezes acalma, mas depois, surge com uma tal intensidade, que... um dia iremos ver e apreciar!

Só tens de viver sentindo cada palavra que digas, cada palavra que escrevas, e tudo o que escreveres, será um tesouso, o teu tesouro, aberto aos olhos do mundo!

Alguém que ainda acredita!

Flor disse...

Oi Amigo de coração lindo! :)

Voltarei para te "escutar" com mais atenção, prometo! Mas agora vou dormir, pois o despertador toca daqui a pouco para ir trabalhar....

Passa, por favor, no meu canto e mostra a tua solidariedade, podes assinar, afinal tens mulheres na tua vida... :)

Obrigado, eu e a Isabel agradecemos

Beijinho bem no meio do teu coração da Flor amiga

Paulo disse...

Páginas de uma vida..todos nós temos as nossas páginas.

Fenridal disse...

See Please Here

Flor disse...

Oláááááá Catarino Amigo! :)

Tenho, GRAÇAS A DEUS, noticias animadoras da minha amiga Isabel. Obrigado pelas tuas orações. DEUS ouve a oração dos seus filhos!

Será que continuas sentado a escrever enquanto ouves o cd do Rui Veloso? eheeh

Tem um excelente Sábado fofinho
Flor com amizade e carinho :D

bunny disse...

olaaaaaaaaaaaaaa...
la para tras os montes ha muita inspiraçao!!!!:)

um garnde bj
vou linkar te lol

Dumuro disse...

See Please Here

A Flôr disse...

Então? Tu e os teus sumiços!...ehehehe

Beijo Doce no Teu Coração da Amiga Flor :D

Paula Raposo disse...

Um dia será o dia!! Claro. Beijinhos, meu querido.

SOLDADO DA ESCRITA disse...

Que bom saber que tens mais um irmao de palavras que toca a mesma cançao .Sucesso hoje e sempre no levante da sua obra ... salmo 79 e salmo 105 .. fica com DEUS

Anónimo disse...

"A pior decisão que podemos tomar na vida é não nos decidirmos". Porquê não escrver as ´"Páginas da vida"? De certeza que talento e coragem não te falta. Quanto mais adias mais a ansiedade cresce dentro de ti... Passei por aqui, li, gostei e voltarei...

João